top of page

Melanoma

IMG_1788.JPG.jpg

Visão Geral

O melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele, se desenvolve nas células (melanócitos) que produzem melanina – o pigmento que dá cor à pele. O melanoma também pode se formar nos olhos e, raramente, no interior do corpo, como no nariz ou na garganta.

A causa exata de todos os melanomas não é clara, mas a exposição à radiação ultravioleta (UV) da luz solar ou lâmpadas de bronzeamento aumenta o risco de desenvolver melanoma. Limitar sua exposição à radiação UV pode ajudar a reduzir o risco de melanoma.

O risco de melanoma parece estar aumentando em pessoas com menos de 40 anos, especialmente mulheres. Conhecer os sinais de alerta do câncer de pele pode ajudar a garantir que as alterações cancerosas sejam detectadas e tratadas antes que o câncer se espalhe. O melanoma pode ser tratado com sucesso se for detectado precocemente.

Melanoma.png

Melanoma

Sintomas

Os melanomas podem se desenvolver em qualquer parte do corpo. Eles geralmente se desenvolvem em áreas que tiveram exposição ao sol, como as costas, as pernas, os braços e o rosto.

Os melanomas também podem ocorrer em áreas que não recebem muita exposição ao sol, como as solas dos pés, as palmas das mãos e as unhas. Esses melanomas ocultos são mais comuns em pessoas com pele mais escura.

Os primeiros sinais e sintomas do melanoma geralmente são:

  • Alteração do aspecto de uma pinta existente

  • O desenvolvimento de uma nova lesão pigmentada 

O melanoma nem sempre começa como uma pinta. Também pode ocorrer na pele de aspecto normal.

múltiplos nevos.png

Nevo normal

Os nevos normais são geralmente de uma cor uniforme – como bege, marrom ou preto – com uma borda distinta separando o nevo da pele ao redor. Eles são ovais ou redondos e geralmente menores que 6 mm de diâmetro.

A maioria dos nevos começa a aparecer na infância e podem surgir até os 40 anos. Na idade adulta, a maioria das pessoas tem entre 10 e 40 nevos. Eles podem mudar de aparência ao longo do tempo e algumas podem até desaparecer com a idade.

nevo.png

Pintas anormais que podem indicar o Melanoma

Para ajudá-lo a identificar as características de pintas incomuns que podem indicar melanomas ou outros cânceres de pele, pense nas letras ABCDE:

A é para forma assimétrica. Procure por pintas com formas irregulares, como duas metades de aspecto muito diferente.
B é para borda irregular. Procure por pintas com bordos irregulares, entalhadas ou recortadas – características de melanomas.
C é para mudanças na cor. Procure por pintas que tenham mais de uma cor ou uma distribuição desigual de cores.
D é para o diâmetro. Procure por uma pinta em crescimento ou que seja maior que 6 milímetros.
E é para evoluir. Procure por pintas que sofreram mudanças ao longo do tempo, como uma pinta que cresce em tamanho ou que muda de cor ou forma. As pintas também podem evoluir com novos sinais e sintomas, como coceira ou sangramento.

 

As pintas com aspecto maligno variam muito em aparência. Algumas  podem mostrar todas as alterações listadas acima, enquanto outras podem ter apenas uma ou duas características incomuns.

Melanomas ocultos


Os melanomas também podem se desenvolver em áreas do corpo que têm pouca ou nenhuma exposição ao sol, como os espaços entre os dedos dos pés e nas palmas das mãos, solas, couro cabeludo ou genitais. Às vezes, eles são chamados de melanomas ocultos porque ocorrem em lugares que a maioria das pessoas não pensaria em examinar. Quando o melanoma ocorre em pessoas com pele mais escura, é mais provável que ocorra em uma área oculta.

Os melanomas ocultos incluem:

 

Melanoma subungueal

O melanoma acrolentiginoso é uma forma rara de melanoma que pode ocorrer sob uma unha mão ou unha do pé. Também pode ser encontrado nas palmas das mãos ou nas solas dos pés. É mais comum em pessoas de ascendência asiática, negras e em outras com pigmentação de pele escura.


Melanoma na boca, trato digestivo, trato urinário ou vagina

O melanoma da mucosa se desenvolve na membrana mucosa que reveste o nariz, boca, esôfago, ânus, trato urinário e vagina. Os melanomas da mucosa são especialmente difíceis de detectar porque podem ser facilmente confundidos com outras condições muito mais comuns.
 

Melanoma no olho

O melanoma ocular ocorre com mais frequência na úvea – a camada abaixo do branco do olho (esclera). Um melanoma ocular pode causar alterações na visão e pode ser diagnosticado durante um exame oftalmológico.

Quando consultar um médico


Marque uma consulta com seu médico se notar quaisquer alterações na pele que pareçam incomuns.

luiz fernando com borda cinza.png

Envie aqui

Envie aqui a sua pergunta

Luiz Fernando Nunes

LEBLON | RIO DE JANEIRO

RUA CARLOS GÓIS 375 - SALA 601

(21) 2512-9667 

  • YouTube
  • LinkedIn
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
bottom of page