top of page

Visão Geral

O lipossarcoma é um tipo raro de câncer que começa nas células de gordura.

O lipossarcoma é considerado um tipo de sarcoma de partes moles.  O lipossarcoma

pode ocorrer nas células de gordura em qualquer parte do corpo, mas a maioria

dos casos ocorre nos músculos dos membros ou no abdômen. O lipossarcoma

ocorre com mais frequência em adultos mais velhos, embora possa ocorrer em

qualquer idade.  O tratamento para o lipossarcoma geralmente envolve cirurgia

para remover o câncer. Outros tratamentos, como radioterapia, também podem

ser usados.

Lipossarcoma.png

Eu gostaria de saber mais sobre

Obrigado por se inscrever!

Sintomas

Os sinais e sintomas do lipossarcoma variam dependendo da parte do corpo onde o câncer se forma.

O lipossarcoma que se forma nos braços e pernas pode causar:

  • aumento de volume sob sua pele

  • Dor

  • Inchaço

  • Fraqueza do membro afetado

O lipossarcoma que se forma no abdômen pode causar:

  • Dor abdominal

  • Aumento de volume abdominal

  • Sensação de saciedade

  • Constipação

  • Sangue nas fezes

Quando consultar um médico


Marque uma consulta quando algum sintoma persistente o preocupar.

Diagnóstico

Não está claro o que causa o lipossarcoma.

Os médicos sabem que o lipossarcoma se forma quando uma célula  desenvolve erros (mutações) em seu código genético. As mutações dizem à célula para se multiplicar rapidamente e continuar vivendo quando outras células morreriam. As células anormais acumuladas formam uma massa (tumor).

Existem vários tipos de lipossarcoma. Alguns crescem lentamente e as células ficam em uma área do corpo. Outros tipos crescem muito rapidamente e podem se espalhar para outras áreas do corpo.

Os exames e procedimentos usados no diagnóstico de lipossarcoma incluem:

Exames de imagem. Seu médico pode recomendar exames de imagem para determinar o tamanho e a extensão do seu lipossarcoma. Os exames podem incluir raios-X, tomografia computadorizada e ressonância magnética.
Biópsia. Durante um procedimento de biópsia, seu médico remove uma pequena amostra de tecido para avaliar a presença células cancerígenas. A localização do seu tumor determina como a amostra de tecido é removida.
Usando testes de laboratório avançados para determinar os tipos de células envolvidas no câncer. Médicos especializados em análise de sangue e tecidos corporais (patologistas) estudarão suas amostras de biópsia usando testes laboratoriais especializados, como imuno-histoquímica, análise citogenética e testes genéticos moleculares. Esses testes fornecem informações sobre seu lipossarcoma que ajudam seu médico a determinar seu prognóstico e suas opções de tratamento.

Tratamento

Os tratamentos para lipossarcoma incluem:

Cirurgia. O objetivo da cirurgia é remover todas as células cancerosas. Sempre que possível, os cirurgiões trabalham para remover todo o lipossarcoma.  Se um lipossarcoma crescer para envolver órgãos próximos, a remoção de todo o lipossarcoma pode não ser possível. Nessas situações, seu médico pode recomendar outros tratamentos para diminuir o lipossarcoma para facilitar a remoção durante uma eventual cirurgia.

Radioterapia. A radioterapia usa poderosos feixes de energia, como raios X e prótons, para matar as células cancerígenas. A radiação pode ser usada após a cirurgia para matar as células cancerígenas que permanecem. A radiação também pode ser usada antes da cirurgia para encolher um tumor, a fim de tornar a remoção tumoral factível.
Quimioterapia. A quimioterapia usa drogas para matar células cancerosas. Nem todos os tipos de lipossarcoma são sensíveis aos medicamentos quimioterápicos. A análise cuidadosa de suas células cancerosas por um patologista especializado pode determinar se a quimioterapia terá benefício.

A quimioterapia pode ser usada após a cirurgia para matar quaisquer células cancerígenas que permaneçam ou antes da cirurgia para diminuir um tumor. A quimioterapia às vezes é combinada com a radioterapia.

Luiz Fernando Nunes

LEBLON | RIO DE JANEIRO

RUA CARLOS GÓIS 375 - SALA 601

(21) 2512-9667 

  • YouTube
  • LinkedIn
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
bottom of page